Notícias

COMISSÃO ESPECIAL DA PEC 32 DIVULGA CALENDÁRIO COM 14 AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

Sexta-feira, 18 de junho de 2021

A comissão especial da Reforma Administrativa (PEC 32/20) publicou, nesta quinta-feira (17), o plano de trabalho elaborado pelo relator, deputado Arthur Maia (DEM/BA), que prevê a realização de 14 audiências públicas sobre a matéria.
 
Os debates acontecem a partir da próxima terça-feira (22), com previsão de encerramento em 19 de agosto.
 
Maia afirmou que pretende aprovar o relatório em 60 dias na comissão. Na mesma linha, o deputado Fernando Monteiro (PP/PE), presidente do colegiado, acredita ser possível aprovar o parecer entre 15 e 20 de agosto na comissão e, em setembro, no Plenário da Casa.
 
Confira o calendário de Audiências Públicas divulgado pela Comissão Especial:
 
22.06.2021 - Inovação na administração pública;
 
29.06.2021 - Intervenção do Estado no domínio econômico, parcerias celebradas pela administração pública e celebração de contratos de desempenho;
 
30.06.2021 - Presença do ministro Paulo Guedes;
 
06.07.2021 - Regime jurídico da magistratura, dos membros do Ministério Público, dos membros dos Tribunais de Contas, dos advogados públicos, dos defensores públicos e dos titulares de mandatos eletivos;
 
07.07.2021 - Regime jurídico dos militares das Forças Armadas e dos militares dos Estados e do Distrito Federal;
 
13.07.2021 - Concurso público e vínculo de experiência;
 
14.07.2021 - Condições para aquisição de estabilidade no serviço público;
 
03.08.2021 - Carreiras típicas de Estado e servidores contratados por prazo indeterminado;
 
04.08.2021 - Contratação temporária, cargos em comissão e funções de confiança;
 
11.08.2021 - Avaliação de desempenho e qualificação de servidores públicos;
 
12.08.2021 - Regime próprio de previdência social;
 
17.08.2021 - Situação dos empregados públicos na reforma;
 
18.08.2021 - Efeitos da reforma sobre os atuais servidores federais, estaduais e municipais;
 
19.08.2021 - Regulamentação da reforma.
 
A AGEPOLJUS segue atenta e atuante contra a aprovação da PEC 32, que visa o desmonte dos serviços públicos e precarização do atendimento à população.
 
Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo





Enviar por email